Prêmio Associação Nacional dos Escritores 50 Anos

by 12:01:00 0 comentários

Ontem. Ao chegar em casa cansado do trabalho em assegurado dia banal, um envelope me aguardava.
As pequenas deliciosas arrebatadoras surpresas.
Já fazia algum tempo que fui notificado, quase nem me recordava mais que viria, mas, chegou.
Deu um sentimento bom. Como se um dia as coisas, todas essas coisas que não sabemos como chamar e logo chamamos de coisas, bem, essas coisas, tudo, um dia, devagar, quase esquecido, quem sabe, dê certo.

Vamos escrever.




Tiago André Vargas

Developer

Pesadelo de camaleão é que tem só uma cor.

0 comentários:

Postar um comentário